12 de nov de 2012

Ultimamente eu estou...

...tentando:
  • Deixar as frustrações de lado,
  • Me amar mais,
  • Amar mais ao próximo,
  • Não me irritar com algumas situações cotidianas,
  • Cuidar mais da minha casa,
  • Não criar muitas expectativas para o meu aniversário,
  • Desencanar de algumas coisas,
  • Comer da maneira que eu acho saudável,
  • Não me culpar por ser nutricionista e obesa,
  • Usar menos a palavra não ao iniciar frases (tentando, tentando),
  • Ter paciência na academia,
  • Cair a ficha que o excesso de peso surge com maus hábitos e tempo,
  • Cair a ficha que emagrecer é um processo lento, mais lento que engordar,
  • Emagrecer e perceber que só depende de mim,
  • Manter a calma, respirar, meditar,
  • Ficar menos tempo sentada no trabalho,
  • Ser mais positiva,
  • Elogiar mais ao próximo,
  • Extrapolar menos nos exercícios físicos,
  • Criar coragem para começar as aulas de jump,
  • Perder a vergonha de ser quem eu sou,
  • Ser menos chata e ranzinza,
  • Persistir e ter motivação,
  • Acreditar em meu potencial,
  • Me sentir menos impotente,
  • Pensar que beleza não é futilidade e sim bem estar,
  • Organizar meu cantinho do jeito que eu gostaria,
  • Comprar um ar condicionado,
  • Colocar box no meu banheiro,
  • Pagar as contas em dia,
  • Comprar um monitor cardíaco de pulso,
  • Ter um mp3 para me motivar mais,
Caramba! Tem tanta coisa que eu tento, tento, mas quero chegar aqui e dizer: "Parei de tentar e comecei a concretizar", começar a colocar os pontos nos "is" quanto aspectos familiares, pessoais, no trabalho. E quero parar de criar falsas expectativas, e ser mais realista, mais pé no chão, não só em relação à obesidade! Infelizmente nesses quesitos só eu mesma preciso deixar de me sentir incapaz!

Se eu contar pra vocês que eu sou aquele tipo de pessoa que todo mundo sempre pôde contar, que deu carona, que dá carona, que carrega pra cá e pra lá, que faz favores fora do alcance. Cansei de ser 100% para os outros e 0% pra mim! Ontem começou dar um estalo na minha cabeça, que faz pelo menos uns 10 anos que parei de viver, parece que a minha missão era somente pensar nos outros, não pensar em mim, pois seria egoísmo da minha parte. Minhas vontades sempre são as últimas a serem atendidas e peço desculpas às pessoas próximas que possam ler esse post, mas é um desabafo e não uma crítica. Mas meu, parem de pedir tudo pra mim e se virem um pouco! Nem Jesus agradou todo mundo!

Agora quanto alimentação e AF, tá tudo joinha, hoje vou na academia, me alimentando bem, me sentindo inchada, tomando meu chá verde! Então peço desculpas pelo desabafo, mas acho que o fato de eu ter sempre me colocado em segundo plano prejudicou toda minha adolescência e tem prejudicado minha fase adulta, e vou mudar isso o quanto antes!

Bjos!

2 comentários:

  1. Queridona, eu já fui exatamente como você descreveu e digo por experiência..
    Não são as pessoas ao seu redor que precisam mudar (parar de te pedir coisas): é você que precisa aprender a dizer não sem culpa. A própria felicidade é responsabilidade de cada um: não é sua responsabiliade a felicidade dos outros; assim como os outros não são responsáveis pela sua - só você o é.
    A gente sempre tem uma escolha e foi você quem escolheu carregar as pessoas nas costas. Não digo isso pra você se culpar, mas para se responsabilizar e assim poder pegar as rédeas de sua vida e mudar para como você a quer. A única coisa nesta vida que você pode controlar é você mesma, então, invista nisso MESMO! Tá certíssima!!!! :-)
    Beijocas e ótima semana!
    Carla pancha

    ResponderExcluir
  2. Oi, mocinha!
    Que bom que sua RA está indo bem.
    Sabe, algumas coisas que não conseguimos fazer muitas vezes se deve ao nosso contexto, às nossas possibilidades.
    Não se culpe por elas. faça apenas o melhor que pode com as ferramentas de que dispõe.
    Nem tudo é culpa sua, ainda que vc sinta assim.
    E quando fazemos a nossa parte, acredite, as coisas melhoram.
    vão melhorar, vai ver.

    Bjo

    ResponderExcluir