13 de out de 2012

Determinação, disciplina e persistência

Essas palavrinhas mudaram a minha vida e quero muito compartilhar com vocês!

Sou praticante de atividade física desde que me entendo por gente, já fiz Jjazz, vôlei,tênis, GRD, aeroaxé, ginástica localizada, natação, musculação, dança de salão (com meu pai) e acho que só hehehe.
Agora, se alguém me pedir quanto tempo eu fiz de cada atividade dessas eu não saberia responder, no jazz eu tinha um sério problema de disciplina, eu ia as aulas, tinha boa flexibilidade, mas eu odiava quando a professora me corrigia ou pedia pra eu tentar algo que eu não queria fazer, eu simplesmente saia chorando das aulas e muito brava. Algumas vezes voltava, outras não. Eis que o mesmo aconteceu com o vôlei, o tênis. Então, entende-se ai que se eu continuasse assim até hoje eu seria uma pessoa muito chata e mimada, daquelas que não aceita não como resposta.
Na verdade tudo na minha vida foi assim, era assim na escola, era assim no Kumon (que só fui uma vez), foi assim a vida inteira, até cair a minha ficha (na faculdade), que o mundo não girava em torno do meu umbigo, que se a gente quer fazer alguma coisa na vida tem que estar determinada, disciplina e por fim e o mais importante persistência.
Foi assim que eu aprendi a estudar, pra quem dormia até às 12:00 quando não tinha aula, não exagerando até as 14:00h, resolvi mudar (pra vocês verem como o processo é lento), como eu fazia facul à noite e trabalhava durante o dia (em alguns períodos), eu precisava achar um horário para estudar, então eu simplesmente acordava muito cedo, estudava na hora do almoço, estudava quando chegava em casa, elaborava minhas próprias provas. Bom, foi ai que me tornei disciplinada. A determinação eu já tinha, aliás tinha mas nunca a longo prazo, e foi ai que tudo começou mudar.
Esse fato até comentei uma vez com uma psicóloga, na época a minha fase mais complicada foi conseguir estudar, trabalhar, fazer academia as 22:30h e ainda ter tempo pra me cuidar. Acho que foi por isso que durante a minha graduação eu consegui manter meu peso, sempre oscilando, mas não saindo da casa dos 60kg. Tanto que se eu tivesse estudado um pouco mais eu teria média para conseguir o título de melhor aluna, mas fechei a minha média da graduação com 8,1 ou 8,5 não lembro agora.
Bom, ai veio a formatura, e muitas meninas já tinham emprego garantido e eu nada. Um ano se passou e nada, dois anos se passaram e nada. Entrei em desespero, mas tive a idéia de começar a minha Pós em Gastronomia (que ainda não terminei). Bom nesse meio tempo o ponteiro da balança bate no 99kg. Foi aí que eu refleti sobre tudo isso, o quanto estudei, o quanto me esforcei e percebi, que na vida tudo é questão de você ter vontade de fazer, se organizar e persistir para concluir. Tanto que agora meu principal projeto de vida é emagrecer. 1º eu me determinei, pensei: "Bom, é isso ai, ferrou de vez, nutricionista com obesidade grau II não dá pra mim, vou ter que fazer alguma coisa para mudar". 2º A disciplina foi mais demorada, estava tendo dificuldades para acordar cedo, me manter acordada durante o horário de almoço, evitar os chocolates, os sorvetes tanto que ainda não me considero 100% disciplinada quanto a minha mudança de hábitos alimentares, até porque não somos máquinas facilmente programadas, cada um tem seu tempo. As vezes são necessários muitos tombos até a gente ter a noção da gravidade da situação.
Agora eu me orgulho em dizer, (na verdade só digo para mim e para o namorido) que eu acordo 6:00 faço meu café, alimento a nossa cachorra, me arrumo, arrumo minha malinha, pego meu cachorrinho, (sim temos 2) deixo na minha mãe, corro pra academia, faço os meus exercícios, chego na minha mãe, como novamente, tomo banho e desço pra loja, as vezes almoço na casa dela e as vezes pego a marmita, as vezes vou pra casa, coloco roupa na máquina ou estendo ou faço outra coisa, volto pra loja, fico até as 18:00, pego meu cachorro, volto pra casa, como alguma coisa, tomo banho, assisto tv, vou ao mercado, etc etc. Essa é a minha rotina!
Se vocês soubessem, gente do céu, eu não lavava uma louça, não sabia nem passar pano no chão (e não foi por falta da minha mãe me pedir), eu simplesmente só queria dormir, comer e ficar na internet. Então taí pra qualquer um ler, hoje eu tenho muitos motivos para dizer: "Eu mudei!" e assim que eu terminar meu emagrecimento vou dizer novamente essas palavras com muita convicção.
Acho que pirei, o post ficou longo demais, mas já tá longo mesmo hehe ERRADO! Fica por aqui mesmo, se não daqui a pouco vou comer alguma coisa e "Ai é só um pedacinho não vai fazer mal" :P Fikdik

5 comentários:

  1. Oiiie... estou aqui retribuindo a visita!
    Menina, como é bom ver que vc está decidida a mudar..
    Mas acredite, eu era assim como você, só que com as responsabilidades advindas do casamento eu tive que começar a andar nos trilhos... mas antes, enquanto aborrecente.. ooooh Jesus! Como eu era indisciplinada com as minhas tarefas, sempre deixava tudo para depois, depois eu não fazia, arrumava desculpas para não acordar cedo, e se desse, eu passava o dia inteiro dormindo... resultado obesidade mórbida nível 3... e agora estou na batalha de correr contra o prejuízo! E estou conseguindo... bem estou te falando tudo isso para poder te dizer que mesmo tendo um histórico assim de tamanha indisciplina, é possível mudar e vencer!!!! Vem conosco!!!! Vc tb vai vencer!!!!!

    Bjs!!!!

    P.S.: Coloca a opção de seguir seu blog, tentei mas não encontrei! Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que sensação boa! Eu devia ter feito meu blog antes, é legal a gente ter com quem contar, pessoas com histórias semelhantes e na mesma luta! Sucesso!! Beijinhos!

      Excluir
  2. Adorei o seu blog, tenho 16 anos e também quero fazer nutrição! Estou determinada à emagrecer!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda, a profissão é linda, o conhecimento que você adquiri é maravilhoso! Tenho certeza que se você se empenhar vai ter uma bela carreira profissional! Obrigada pela visita!

      Excluir
  3. Oi Manu, primeira vez no seu blog e já gostei! Li o post todinho. Quando temos algo para dizer a coisa flui e é gostoso de ler.

    bjs

    ResponderExcluir